Broforce (Acesso Antecipado) – REVIEW

BROFORCE

Broforce, o jogo dos sonhos para aqueles que viveram nos anos 80 e início dos anos 90, um jogo que dá ao jogador a possibilidade de jogar com os famosos “brucutus” do cinema e da televisão de forma frenética, como por exemplo Rambo (Sylvester Stallone) , T-800 (Arnold Schwarzenegger), Soldado Universal Luc (Jean-Claude Van Damme).

O game é indie (independente) e ainda está em Alpha, desenvolvido pela Free Lives e distribuido pela Devolver Digital, lançado no dia 7 de Abril desse ano (2014), com gráficos 2D em 16bits, mas é dessa forma caprichado, bonito de se ver, como é de costume os indie-games. Uma jogabilidade simples e frenética, com a destruição de cenário quase por completa TOMAESSABATTLEFIELD, a música fica por conta de temas heroicos e americanizados bem no estilo “brucutu” com batidas fortes misturadas com o bom e velho rock’n roll, os controles não são complicados de aprender, com um botão para pular, um para atirar, um para ataque a curta distância/corpo a corpo (Melee) e também para fazer  ações diversas, e outro para solta o ataque especial, fora os botões dos direcionais.

Existem vários modos de jogo, tem o modo Campaign, o modo Arcade, o modo Online, o modo Deathmatch, o modo Explosion Run, e o modo Level Editor, e você pode jogar esse modos de várias formas como, Single-player, Multiplayer Online, Co-op Local, tudo isso até quatro jogadores.

Os BRO’s
Você joga com várias Bros, é assim que são chamados os personagens (Ex: Conan=Bronan), a troca de personagens ocorre durante o gameplay, no caso você resgata o personagem e passa a jogar com ele, mas não tem a escolha de qual personagem o jogador vai jogar, ele não é obrigatória, mas quanto mais personagens sendo regatados e trocados faz com que destraves outros novos personagens e torna o gameplay mais dinâmico e frenético, mas do que já é. Como o jogo ainda tá em Alpha, ele possui 20 personagens jogáveis, e os dois últimos já foram adicionados pelo último update, mas eles prometem mais personagens nos próximos updates.



O jogo tem alguns bugs quando você está jogando online, mas não é constante ou que atrapalhe a jogatina, e é até aceitável, já que não é a versão finalizada, tendo promessas não só de novos personagens mais também de novas fases no modo campanha, fora melhorias nos outros modos, finalização do som/música, interface, e design, entre outras coisas:

Broforce faz bonito ao contrário de muitos jogos que foram  baseados nesses filmes, Rambo que o diga, com gráficos, trilha sonora, personagens, e uma jogabilidade no estilo brucutu de ser traz uma nostalgia imensa à esses personagens que não possuem mais espaço na mídia hoje em dia, infelizmente.

NOTA: DEZ (10/10) 

Broforce – Trailer:

E por último, fique com o poster em alta qualidade “feito” por mim, baixe/salve/exclua:
Broforce - BTFBC Wallpaper

Thiago Emery

Anúncios