Star Wars – Episódio VII – O Despertar da Força – Crítica (SPOILERS)

star-wars-force-awakens-official-poster

Sinopse: Após a queda do Imperador uma organização sombria se formou diante do restante do Império se tornando a Primeira Ordem, essa mesma tinha como objetivo principal em localizar e eliminar Luke Skywalker, o último Jedi existente, que está isolado em algum lugar misterioso da galáxia. E para que isso não aconteça a Resistência, a antiga Aliança Rebelde, precisa encontrar a última peça para completar o mapa da localização de Luke…

Vamos lá, irei ser direto com vocês e dizer que Star Wars – Episódio VII – O Despertar da Força é o melhor filme do ano de 2015! J.J. Abrams foi muito competente como diretor trazendo a trilogia clássica como a peça principal para esse filme, seguindo alguns passos da famosa Jornada do Herói como por exemplo a chamada para a aventura, a recusa para o chamado, a morte do mestre, a passagem do manto ao discípulo, entre outros pontos fazendo com que a trama se desenvolva. Trazendo também a maioria do elenco clássico de um forma bem coerente, dando um mínimo de informação sobre esses personagens e o que eles estavam/estão fazendo durante esses 30 anos que se passaram, e também muitos easters eggs em relação aos filmes clássicos. Concordo que muito dessas coisas são realmente algo para a fanbase porém não vejo isso como um ponto negativo, muito pelo contrário. Mas J.J. ao mesmo tempo acabou apresentando também elementos novos como o humor que está bem mais aparente no filme, também contendo novos personagens com suas características diversas como a Rey, e o Finn que são bem carismáticos, tem também o Poe Dameron, BB-8Maz Kanata, Kylon Ren, General Hux, Capitã Phasma, e o misterioso Snoke. Ele conseguiu desenvolver um filme que no mínimo vai fazer com que o público geral acabe se divertindo.

A atuação de todo o elenco é bem competente dando um destaque maior para a Daisy Ridley (Rey) e John Boyega (Finn), diferente de um certo alguém *COF* Hayden Christensen *COF*. Os efeitos especiais estão incríveis, que para falar a verdade fizeram mais do que a obrigação até porque Star Wars sempre obteve os efeitos como um ponto forte desde o início, o 3-D do filme também está bem feito, dando um efeito de profundidade. Um único ponto que acabou me incomodando um pouco foi a falta de JOHN WILLIAMS E SUA INCRÍVEL TRILHA SONORA!  Saber que a trilha sonora estava encarregada por ele era algo que ia aumentando cada vez mais a minha expectativa, e isso infelizmente não aconteceu. Sim, o filme tem uma trilha mas que acabava sendo um remix das músicas existentes do filmes anteriores e principalmente dos clássicos, só em um momento ou outro pude ouvir alguns resquícios de algo que poderia ser um incrível tema para esse filme mas nada foi concreto ou chegou perto disso, até mesmo a trilogia prelúdio (I, II, e III)  possuem temas sensacionais como por exemplo a Duel Of The Fates e a A Hero Falls, então nesse ponto deixou a desejar principalmente por eu ser aficionado por trilha sonora.

No filme também tem todo um lance com Kylo Ren que eu achei bem interessante, o personagem acaba rejeitando a sua origem e se torna um devoto ao Darth Vader, ou pelo menos ao que restou dele, e durante o filme Kylo se diz tentado pelo lado da luz da força, algo que nunca aconteceu na saga, sempre foi o oposto, no caso a tentação de um Jedi a se tornar um Sith por conta de poder. E tem uma cena em específica que representa bem isso, já no final do filme, que é até bem poético e emocionante, com a ausência da luz ambiente e tendo somente a iluminação de cor vermelha de seu lightsaber o personagem decide ir para o lado negro sombrio de uma vez por todas ounão fazendo uma ação inesperada com um determinado personagem mas que não eu vou entrar em muitos detalhes aqui, essa cena lembra muito o final de O Império Contra Ataca e agradeço por ter sido surpreendido de um certa forma no cinema em vez de ter tomado spoiler de algum babaca por ai, então CUIDADO COM OS SPOILERS! Apesar de que este post foi taxado como uma “crítica” que possui spoilers eu deixei bem claro o aviso no título, então.

Enfim, Star Wars está de volta e promete ficar por muito tempo! Infelizmente a espera será um pouco longa para continuação dessa jornada com o Episódio VIII que só acontecerá no ano de 2017, apesar que no final do ano que vem (2016) nós teremos Star Wars – Anthology – Rogue One como um spin-off para aliviar toda essa ansiedade! E para finalizar, veja as fotos na nossa página do Facebook da mini cobertura meia-boca que fizemos na pré-estreia de Star Wars – Episódio VII – O Despertar da Força no Cinemark do Shopping Center RioMar no Recife aqui: http://migre.me/sriv0

Aproveite e curta a nossa página do Facebook também ounão! E QUE A FORÇA ESTEJA COM VOCÊ, SEMPRE!

NOTA: DEZ (10)

Star Wars – Episódio VII – O Despertar da Força – Trailer:

Alguns links referentes a Star Wars:
Star Wars – Anthology – Rogue One: http://migre.me/srhmm

The Original Art & Story Of The Star Wars: http://migre.me/srhqB

Star Wars – Rebels: http://migre.me/srhw2

Thiago Emery

Anúncios